“Annie”, o maior helicóptero para combate de incêndios do mundo, ganha destaque pelo seu trabalho

Corporativo
Publicado el 13-04-2018

  • Em três meses, a unidade S-64 Erickson Aircrane combateu 30 incêndios em 16 municípios, descarregando cerca de dois milhões de litros de água. Annie deixou a Região do Bío Bío, mas a preocupação pelos incêndios nesta temporada ainda não termina.

 Um ataque com grande volume de água, rápido e efetivo no combate de incêndios, foram as características que permitiram ao helicóptero S-64 Erickson Aircrane, conhecido como Annie, destacar durante esta temporada.

Durante os três meses que permaneceu na região, o maior helicóptero do mundo do seu tipo combateu 30 incêndios em 16 municípios, realizando 197 descargas de 10 mil litros de água cada uma, equivalentes a um total de quase dois milhões de litros.

Este helicóptero permaneceu durante os últimos 90 dias na base florestal da ARAUCO, localizada no município de Santa Juana, e de lá era chamado para diversas emergências. Após deixar a região, foi para Santiago, onde vai participar da Feira Internacional do Ar e do Espaço, Fidae 2018.

Grande capacidade de combate

A chegada do ‘Annie’ à Região do Bío Bío, em dezembro passado, e sua incorporação à frota de combate de incêndios da ARAUCO permitiu contar com uma grande capacidade de operações para a rápida extinção dos focos, principalmente nas áreas de interface, próximas de setores povoados.

Paul Farrer, integrante da tripulação do Annie, disse que “a maior dificuldade que tivemos foi o idioma, pois a equipe está composta por pessoas de diferentes nacionalidades. Mas nos encontramos com uma empresa muito profissional, com um excelente sistema de segurança e manejo ambiental, pelo que foi uma grande experiência para todos”.

Por sua parte, o copiloto Felipe Salini disse que “apesar da experiência de todos os pilotos e da tripulação em geral apagando incêndios, foi uma aprendizagem para todos e pudemos comprovar o que o Annie é capaz de fazer”.

A temporada ainda não termina

O subgerente de Assuntos Públicos da ARAUCO, Patrício Eyzaguirre, destacou a tarefa cumprida pelo Annie, e todo o trabalho de prevenção e combate, que começou há um ano, após o megaincêndio da temporada anterior.

Eyzaguirre disse que, embora o Annie já encerrou sua missão na região, a temporada ainda não terminou e a empresa mantém na ativa a maior parte das suas brigadas terrestres e helitransportadas, diurnas e noturnas, aviões, torres de vigilância e centrais de operações, entre outros recursos.

“Esta foi uma temporada intensa, que nos permitiu colocar em prática o que aprendemos durante o último ano. Estamos otimistas com os resultados que temos até hoje, mas é importante destacar que a temporada de incêndios ainda não termina, e ainda restam semanas de risco, portanto, ainda mantemos nossos recursos prontos para o combate nos diversos territórios”.

Características do Annie:

  • Suas qualidades permitem um ataque de grande volume de água, rápido e efetivo no combate de incêndios, facilitando o trabalho das brigadas.
  • Possui o potencial de realizar até 10 operações em uma hora, o que significa um aumento na capacidade de extinção do fogo.
  • Possui uma autonomia de 246 milhas náuticas.
  • 21 metros de comprimento, diâmetro de rotor de 21,2 metros com 6 aspas.
  • Conta com um completo sistema para combate de incêndios, através de um “Esnorquel” para a carga de água através de sucção. Graças a isso, o “Annie” pode carregar seu tanque principal de 10 mil litros, pousando sobre uma fonte de água em até 45 segundos, permitindo lançamentos em 8 modalidades diferentes, desde lançamentos parciais até a descarga completa de 10.000 litros em 3 segundos.